Tuesday, December 19, 2006

The Lake House

Remake do filme sul-coreano Siworae (também conhecido como Il Mare).

Os críticos devem cair-lhe em cima sem piedade. E compreendo-os.

De forma que não posso realmente justificar-me. Não sei por que raio gostei deste filme. E gostei mesmo. E gosto, presente do indicativo.

Não há tentativa de explicar a hipótese de quarta dimensão. Diverte-me imenso a utilização hiper-prudente de palavras e afixos como hipótese, para-, sobre-...

A embrulhada da linha temporal não é dissecada. A câmara segue tão somente as emoções. E nem aí o faz de forma sublime. Mas continuo a gostar.


2 comments:

Raquel said...

olha, esse aí passou por aqui. Mas eu não vi e todos meus alunos que o viram me recomendaram muito!
(ué, agora o blogger me identifica! E como Raquel, nome sempre empregado quando é para me dar broncas! :) )

kanuthya said...

Não sei que te diga, podes detestar este filme! ehehe
Tem muitos pontos fracos, mas mexeu comigo, caramba...
Quanto ao blogger, está passado dos carretos!