Thursday, July 27, 2006

da arte da encadernação


Quem teve a ideia de encadernar livro colando as folhas não lê, certamente. Se o faz, lê palavras soltas no centro da página, só para disfarçar, eventualmente enquanto passa a tipa de ar intelectual que ele tenta impressionar, passeando-se de livro na mão ou sob o sovaco. Talvez resulte, pelo menos durante algum tempo, até a tipa perceber que deseja ser verdadeiramente conquistada por um ladrilhador ou limpa-chaminés pertencente a uma organização a favor dos livros cosidos à moda antiga, que se possam folhear vezes sem conta, sem medo, e sem ficar com páginas soltas na mão.

3 comments:

Carolina said...

Pois é!!!!!
Raios partam certas invenções!!!!
:(

Teresinha said...

Kanuthya,felicito-a pela sua "porta" aberta!
Vejo por aqui algumas,algo interessantes,fechadas.Á partida,afastam-me.
Obrigada pelo seu acolhimento.
(Tinha-me esquecido de lhe agradecer)
T.A.

Teresinha said...

Na verdade,uma triste ideia!
Possuo entre outros,uma SELECTA FRANCEZA,para uso dos LYCEUS,(não há erros nas palavras,não senhor) era assim que se escrevia português em 1884.
Isto apenas para lhe dizer que, este livro foi bastante utilizado,no entanto todas as folhas se encontram bem "agarradinhas" à lombada,da 1ª à última página.Apesar das folhas se encontrarem bem num tom "bege torrado".A propósito, a Edição é a 3ª,da LIVRARIA UNIVERSAL Magalhães &Moniz Editores Largo dos Loyos,12
Na realidade,já não se faz o livro como antigamente.É pena.