Sunday, February 25, 2007

A morte saiu à rua num dia assim....



Ah...entrei no blogger...por portas travessas, mas cá estou.
Escutava ontem abismada a lembrança da partida do Zeca há vinte anos atrás. Vinte anos. Acho que é a primeira vez na vida que me dou conta da minha idade. Que saudade.
Ficou frustrada mais uma tentaiva de ilustrar o post com a música, mas fica a lembrança da do título.

2 comments:

Effe said...

non c'è dubbio: scontiamo la nostra età vedendola negli altri. Come si dice: non è il tempo, che passa, siamo noi.

quel said...

tudo passa, até a uva...
Mas a música do Zeca fica.