Monday, May 15, 2006

Os Papéis do Inglês II

"Namibe:

(tensa pele de boi seca sem sal)

(onde não é a terra que vem ter ao mar, é o mar que encosta nela)

(a das pálpebras dos rios rasgadas na fronte do nada)

(a do hálito do sal, às seis da tarde, em Julho)

(a do meio-dia despovoado e ocluso)

(a que indiferente atenta e nunca esquece)

(a que não diz adeus, só viu chegar)



(o ponto e a coma de um qualquer destino)"

Ruy Duarte de Carvalho

Imagens: wikipedia, webshots, francesco buresti e elisabetta martina (3 e 4), thierry janusikiewicz, trekearth, unkmown e jorge silva pinto

3 comments:

_+*A Elite in Paris*+_ said...

Modesto blog dizes tu? Não acredito!! esta lindo, essas fotos, que riqueza! adorei o teu email, um dos mais bonitos que recebi nos ultimos tempos, esta lindo, misterioso e cinzento como a amada cidade do Porto.

Não tens MSN querida??

Sera que eventualmente poderiamos encontrar-nos na comédie para um café? que achas?

entretanto estou neste novo blog. denotei pelas tuas palavras que me tens acompanhado! e agradecer seria pouco!

beijos MIL

JESSICA

Effe said...

immagini magnifiche (ma le tue parole, nascoste, ancor di più)

Carolina said...

Fantásticas imagens!