Thursday, June 08, 2006

N'gola



Com os devidos créditos à lusomatria.com.

Aqui não se fala de política. Na verdade aqui não se fala de nada em geral nem de tudo em particular. O blog inicial foi intimista, deixei-me de coisas quando abdiquei do anonimato. Anda a escrevinhar-se na mente um post sobre blogs.

Dizem que a parte vermelha simboliza o sangue derramado para que Angola fosse um país independente, a parte negra o próprio continente. E dizem ainda que se anda a preparar uma nova bandeira, que se afaste dos símbolos comunistas que agora se tornaram algo embaraçosos. Oops, quer dizer, que já não reflectem a realidade. Esta é a bandeira de um partido. Por isso nunca a usei. Este Sábado vou envergar uma representação sua pela primeira vez. Não esqueci nada, nem o devo fazer, mas uso-a sem culpas, oferecida que me foi por uma makongo nascida em Luanda, a minha Hudi, que costumava orar por mim sem sequer me conhecer, que me adoptou como família mesmo como eu gosto, sem pedir licença.

5 comments:

Carolina said...

"O capim não foi plantado
nem tratado,
e cresceu.É força,
tudo força
que vem da força da terra.
Mas o capim está a arder
e a força que vem da terra
com a pujança da queimada
parece desaparecer.
Mas não! Basta a primeira chuvada
para o capim reviver."
(Manuel Rui- Angola)

Raquel said...

Por que no sábado? O jogo não é no domingo? (ou não é por causa do jogo?).
Sabe, minha primeira lembrança de Angola é a de 1975. Tinha 12 anos e uma garota angolana foi transferida para a minha escola. Mas não se podia falar muito de Angola e nem de Portugal, pois estávamos ainda sob a ditadura.
Domingo vou torcer por Angola. Lembro-me sempre daquela menina. Saudades são coisas que são levadas muito a sério nesse meu país.

kanuthya said...

Raquel: É Domingo, sim, estou destrambelhada! :)

kanuthya said...

Carolina: é lindo :)

_+*A Elite in Paris*+_ said...

Minha amiga, estas acordada, acabei de escrever um post sobre ser angolana, estamos em sintonia :)

Vou ver se tenho mails teus :)